O último LTS do Ubuntu foi lançado, por que não posso atualizar o LTS anterior? E como posso forçar o upgrade? [duplicado]

24

O Ubuntu Server 16.04 foi lançado agora.

Eu tenho o Ubuntu (servidor) 14.04.4 LTS, mas quando tento fazer um do-release-upgrade ele me diz que não há atualizações disponíveis.

  1. Por quê?

  2. Como posso atualizar meu servidor para obter a nova grandiosidade?

[email protected]:~$ uname -a
Linux lounge 4.2.0-34-generic #39~14.04.1-Ubuntu SMP Fri Mar 11 11:38:02 UTC 2016 x86_64 x86_64 x86_64 GNU/Linux

[email protected]:~$ lsb_release -a
No LSB modules are available.
Distributor ID: Ubuntu
Description:    Ubuntu 14.04.4 LTS
Release:        14.04
Codename:       trusty

[email protected]:~$ do-release-upgrade 
Checking for a new Ubuntu release
No new release found
    
por David 21.04.2016 / 21:17

2 respostas

22

OBSERVAÇÃO: Com o Ubuntu 18.04 LTS é o mesmo com o lançamento do primeiro ponto que será lançado no final de julho de 2018. As etapas abaixo devem ser as mesmas, mas apenas avisando que minha experiência com o upgrade de 16.04 a 18.04 desta vez não foi tão bem. Eu recomendo esperar pela primeira liberação pontual (18.04.1) em julho antes da atualização.

Como diz as Notas de versão que o LTS upgrades will be enabled with the 16.04.1 LTS point release, in approximately 3 months time.

No entanto, se você não quiser esperar, o comando a seguir informará a sua instalação do Ubuntu para instalar o mais recente devel-release :

AVISO: Certifique-se de que seu sistema esteja atualizado, que todos os aplicativos estejam funcionando bem e que não haja erros de partição. Recomende a execução do fsck no seu sistema no Recovery Mode antes de atualizar.

Somente para console / texto

sudo do-release-upgrade -d

Para interfaces GUI a partir de uma janela de terminal ou usando Alt + F2

update-manager -d

que executará o update-manager e mostrará que uma versão mais recente 16.04 está disponível para atualização. Siga as instruções na tela para fazer upgrade para Ubuntu 16.04LTS .

NOTAS da atualização que observei:

O processo de atualização desabilitará todos os repositórios de terceiros que estão na pasta /etc/apt/sources.list.d/ . Ele também faz o backup de seu antigo /etc/apt/sources.list para /etc/apt/sources.list.distUpgrade . Os arquivos não serão excluídos, mas as linhas de repositório contidas nos arquivos serão comentadas, exceto no arquivo sources.list.distUpgrade . Descobri que não era possível remover o comentário na frente do repositório e fazer com que ele funcionasse apenas com o comando apt-get update . Em vez disso, tive que adicionar novamente os repositórios, adicionando-os manualmente ao arquivo /etc/apt/sources.list ou adicionando-os novamente com o comando add-apt-repository .

O repositório

PlayOnLinux não é compatível com o Xenial ainda. Se PlayOnLinux estiver instalado, ele será atualizado dos repositórios do Xenial.

EDITAR: os repositórios do Google e do VirtualBox foram atualizados.

A adição de Google Chrome e VirtualBox repositories mostrará as seguintes mensagens durante um apt-get update . Estes foram comunicados aqui e esperamos que sejam atualizados em breve. Os aplicativos ainda serão atualizados sem problemas.

W: http://download.virtualbox.org/virtualbox/debian/dists/xenial/InRelease: Signature by key 7B0FAB3A13B907435925D9C954422A4B98AB5139 uses weak digest algorithm (SHA1)
W: http://dl.google.com/linux/chrome/deb/dists/stable/Release.gpg: Signature by key 4CCA1EAF950CEE4AB83976DCA040830F7FAC5991 uses weak digest algorithm (SHA1)

O repositório graphics-drivers para o Ubuntu que contém os drivers da NVIDIA terá que ser adicionado novamente. Simplesmente executando sudo add-apt-repository ppa:graphics-drivers/ppa funciona com drivers Xenial e atualizados após a instalação. Eu precisei copiar meu antigo arquivo xorg.conf para meus monitores funcionarem corretamente.

fail2ban teve que ser removido com meus arquivos de configuração personalizados antigos. Reinstalado sem problemas e parece estar funcionando bem.

Outros aplicativos diversos precisavam ser reinstalados. sudo apt-get install --reinstall <application>

No geral, a atualização correu bem e parece muito estável.

$ cat /etc/*release
DISTRIB_ID=Ubuntu
DISTRIB_RELEASE=16.04
DISTRIB_CODENAME=xenial
DISTRIB_DESCRIPTION="Ubuntu 16.04 LTS"
NAME="Ubuntu"
VERSION="16.04 LTS (Xenial Xerus)"
ID=ubuntu
ID_LIKE=debian
PRETTY_NAME="Ubuntu 16.04 LTS"
VERSION_ID="16.04"
HOME_URL="http://www.ubuntu.com/"
SUPPORT_URL="http://help.ubuntu.com/"
BUG_REPORT_URL="http://bugs.launchpad.net/ubuntu/"
UBUNTU_CODENAME=xenial

$ uname -a
Linux terrance-Linux 4.4.0-21-generic #37-Ubuntu SMP Mon Apr 18 18:33:37 UTC 2016 x86_64 x86_64 x86_64 GNU/Linux

$ lsb_release -a
No LSB modules are available.
Distributor ID: Ubuntu
Description:    Ubuntu 16.04 LTS
Release:    16.04
Codename:   xenial
    
por Terrance 22.04.2016 / 00:39
39

A resposta está nas Notas de versão

  

14.04 As atualizações de LTS para LTS serão ativadas com o lançamento pontual 16.04.1 LTS, em aproximadamente 3 meses.

Estabilidade em uma versão LTS vem em primeiro lugar.

    
por mikewhatever 21.04.2016 / 21:21